Segunda via IPVA Detran RS

O IPVA é conhecido como o imposto que deve ser pago todos os anos pelos proprietários de veículos em todo o território nacional. Sua sigla tem como principal significado Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, ele deve ser pago independente do estado, assim como é no Rio Grande do Sul.

Existem apenas algumas exceções na sua cobrança, veja mais sobre essa informação abaixo. Se você quer saber como conseguir tirar a sua segunda via no Rio Grande do Sul desse documento, veja aqui um tutorial simples e fácil para fazer esse processo.

Segunda via IPVA Detran RS

Se você precisa conseguir tirar a sua segunda via do IPVA dentro do estado do Rio Grande do Sul, fique sabendo que esse procedimento não precisa mais ser feito por meio do espaço físico do Detran RS, o processo pode ser consultado pelo site oficial do órgão, o que é muito mais fácil, seguro e simples do que se imagina.

Veja abaixo um passo a passo explicativo sobre esse processo:

  1. Acesse o site oficial do Detran RS, que é: http://www.detran.rs.gov.br/;
  2. Passe o cursor pela opção de “Consulta de Veículos”, você vai precisar preencher as lacunas em branco com a placa do seu veículo e depois com o código Renavam dele. Clique então em “Pesquisar”;
  3. Você também pode só passar o cursor na opção de “Véiculos” – logo do lado da logo do Detran RS, clique então em “Consulta Veículos”;
  4. Nessa nova página que você será redirecionado, é necessário que você preencha também com o número de Renavam e da placa do veículo. Informe que você não é um robô e clique em “Consultar”.

Agora você já vai ter acesso a situação do seu IPVA do Rio Grande do Sul, basta pedir para emitir uma nova via e pronto. Você pode realizar o pagamento nos bancos autorizados pelo Detran RS.

Qual a importância do IPVA?

O IPVA possui uma importância única dentro de cada estado, ele é feito para arrecadar dinheiro para melhorias do estado em que se vive. O valor é direcionado para o SEFAZ – Secretaria da Fazenda, onde eles fazem a distribuição para a segurança, saúde, educação e muito mais.

É importante que você realize o pagamento desse imposto dentro da data prevista, desse modo você não vai precisar arcar com custos excessivos de taxas ou juros.

Alguns veículos que não precisam arcar com esse imposto, por exemplo:

  • Veículos com mais de 20 anos;
  • Veículos adequados para deficientes físicos;
  • Máquina agrícolas;
  • Táxis.

E outros.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply